Que falta faz um goleiro…

18 05 2008

Estou começando a acreditar na velha máxima que “todo bom time começa com um bom goleiro”. A maior carência que o Fluminense tem, já há alguns anos, é no gol. Fernando Henrique titular é um absurdo, um desrespeito com uma camisa que já teve Castilho, Félix e Paulo Victor. A diretoria até tentou mudar esse quadro, contratando o promissor Diego junto ao Atlético Paranaense em 2006 – mas não deu certo, e, mais uma vez, FH volta à sua bisonha titularidade. Nesse ano de Libertadores, tentamos o Felipe, do Corinthians, e Diego Cavalieri do Palmeiras, mas, infelizmente, sem sucesso. Ninguém quer o FH, muito menos a torcida tricolor. Semana passada deu o gol ao Adriano no jogo mais importante da história do Flu até então. Hoje, conseguiu falhar contra o Náutico, mas sobre esse jogo eu comento daqui a algumas linhas. Espero que nesse próximo jogo contra o São Paulo, ele não apronte mais uma das suas.

Chega de Fernando Henrique. Por favor, contratem um goleiro condizente com a história tricolor.

Flu x Náutico – O Flu provou que precisa de reforços para almejar algo no Brasileiro. Contra o Náutico, neste domingo, no Maracanã, o time tricolor foi envolvido do começo ao fim, apesar de ter perdido um penalti(inexistente). O mistão de juniores e reservas foi um desastre, mas serviu para mostrar que Maurício, David e Carlinhos não podem jamais ser opções para o time titular. Ao contrário de Marinho e Alan, que, junto com Tartá, devem ser lançados aos poucos para não se queimarem.

Enfim, quarta-feira tem Fluzão no Maraca! Estarei lá no meio de 80 mil tricolores! Vamos, Fluzão!

Anúncios




A volta do paredão não evitou a derrota

18 05 2008

Em noite inspirada o goleiro alvinegro salvou o Botafogo de ser goleado pelo Cruzeiro, com atuação de gala Catillo fechou o gol e voltou a sentir a coxa no segundo tempo. Com atuações apagadas o Bota levou pouco perigo a meta do goleiro Fábio, que não teve muito trabalho já que os atacantes do Botafogo pareciam não achar o caminho do gol. Wellington Paulista, que começou o campeonato carioca dando a impressão que seria o destaque do ano do futebol brasileiro, chegou a um ponto em que aparenta não mais saber como concluir uma jogada, e as vezes nem sequer dar continuidade as táticas do mestre Cuca. Vamos Wellingol! O Botafogo precisa de você e dos seus gols.

Jogando com um homem a mais desde 15 do segundo tempo quando Túlio Souza, que ainda não mostrou esse ano o mesmo futebol que jogou pelo Coritiba ano passado, foi expulso, o Cruzeiro não conseguiu ampliar a vantagem obtida no primeiro tempo, Guilherme marcou de pênalti aos 11 minutos, e mesmo com o apoio da torcida que compareceu em bom número ao Minerão, não conseguiu marcar o segundo em um Botafogo desorganizado, misto e com um homem a menos. Mérito do guarda-metas Botafoguense Castillo que fez milagres debaixo das traves e tambem quando saía bem do gol. Seguindo somente no brasileirão o Cruzeiro mantém os 100% de aproveitamento na competição e enfrenta o Santos no próximo final de semana.

Carlos Alberto estreou no Botafogo com uma atuação boa, nada de se encher os olhos mas pelo menos jogou bem. Foi substituído por Abedi que entrou apenas para errar passes e numa dessas o Cruzeiro quase marcou o segundo, mas parou nas mãos de Castillo que saiu bem do gol nos pés de Jonathas e amenizou o erro de Abedi.

Pensando agora no Corinthians o Botafogo trabalha pesado em General Severiano. O jogo dessa terça-feira é o primeiro passo para chegar as finais da Copa do Brasil, competição que o Bota nunca conquistou e razão pela qual está poupando seus titulares no Brasileirão. Agora é uma questão de jogar o futebol do início do ano e vencer BEM o Corinthians aqui no Engenhão para ter uma vantagem no jogo de volta em São Paulo.

 

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM827737-7824-MASCOTE+PERIVALDO+PRONTO+PARA+DAR+FORCA+AO+BOTAFOGO+NO+ENGENHAO,00.html

Botafogo que também conta com a torcida de Perivaldo, mais novo mascote alvinegro. O cachorro que nasceu com uma mancha branca em forma de estrela nas costas esteve no Engenhão contra o Atlético e vai estar no jogo contra o Corinthians, será esse cãozinho a reencarnação de Biriba, o mascote do Bota na década de 40? Outro que vai ver o jogo da arquibancada é o meia Carlos Alberto, que não foi inscrito na competição.

Rodrigo Santos