O Galo virou canja no Engenhão

16 05 2008

Repetindo o feito do ano passado o Botafogo eliminou o Atlético MG jogando aqui no rio, durante uma partida difícil (em alguns momentos, difícil de assistir), o Bota marcou com Wellinton Paulista (ou Zé Carlos, ainda não decidi) no primeiro tempo, e no finzinho da etapa complementar, Alessandro fechou o caixão do pobre galináceo mineiro que não satisfeito em ter levado 6 gols do Cruzeiro na final, sem marcar nem umzinho, ainda foi eliminado pelo Glorioso em pleno ano de comemoração do seu centenário, algo não vai bem nesse galinheiro, Geninho já pediu as contas e a diretoria atleticana concordou com a saída do técnico. Mas seria culpa do Geninho essa série de revéses? Ou seria ele apenas uma parte do problema? O que importa é levantar a cabeça e mirar a ultima possível conquista para esse ano: o Brasileirão. Mas se continuar jogando desse jeito o Galo tem tudo para viver a pior fase dos seus 100 anos de existência.

Em quanto isso em General Severiano, o Glorioso alvinegro carioca vive uma semana de preparação para o primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil. A exemplo do Galo, o alvinegro deve melhorar o futebol que vem jogando, se não desejar ficar novamente pelo caminho na segunda mais importante competição nacional. Todos que viram o jogo da última quarta-feira, sabem que o Botafogo tem mais futebol do que o que apresentou contra o Galo, MUITO MAIS! Basta nosso querido Wellingol lembrar como se faz gol, Jorge Henrique se lembrar que ele tem mais habilidade que apenas a de cair em todas as divididas, Lúcio Flávio, Diguinho, Túlio e Renan manterem as boas atuações, Zé Carlos continuar jogando como jogou a ultima partida contra o Atlético MG e Alessandro voltar a jogar o que vinha jogando no carioca.

Vou estar, como sempre, torcendo pelo alvinegro carioca no jogo contra o Corinthians e espero sinceramente assistir a um bom jogo, já que o Timão vem melhorando seu futebol. Tudo vai ser posto a prova agora, são 180 minutos para ambas as equipes mostrarem a que vieram.

Ficha do jogo  

BOTAFOGO 2 x 0  ATLÉTICO-MG
Renan, Renato Silva, Andre Luis e Leandro Guerreiro; Túlio Souza, Túlio, Diguinho, Lucio Flavio (Túlio Souza) e Zé Carlos (Edson); Jorge Henrique e Wellington Paulista (Alexandro). Juninho, Coelho, Marcos, Vinícius e Thiago Feltri; Rafael Miranda (Gerson), Márcio Araújo, Almir (Vanderlei) e Petkovic; Marques (Renan Oliveira) e Danilinho.
Técnico: Cuca. Técnico: Geninho.
Gols: Zé Carlos, aos 9, e Alessandro, aos 47 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Renato Silva, Diguinho, Zé Carlos (Botafogo); Marcos, Petkovic, Thiago Feltri, Vinícius (Atlético-MG). Público: 17.985 pagantes. Renda: R$ 255.075,00.
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 14/05/2008. Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR). Auxiliares: Milton Otaviano dos Santos (Fifa/RN) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA).

Rodrigo Santos

Anúncios

Ações

Informação

One response

16 05 2008
Gui

Fala aê Diguin!!!
Está tudo no começo… Vamos ver mais pra frente como ficará essa situação.
Enfim, parabéns pelo 1º post
E é isso aew irmão!
Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: